Thank God it’s Friday – Guinness

Nesta quarta feira foi Dia de São Patrício (ou Saint Patrick’s Day, como preferem as escolas de inglês), padroeiro da Irlanda e celebrado também em Nova Iorque e Chicago, cidades com grande presença de irlandeses.

Então, desde quarta e durante o fim de semana, vários bares e pubs das grandes cidades celebrarão a data festiva. E como celebrar uma festa tipicamente irlandesa? Com uma Guinness, claro.

A famosa marca irlandesa, que também batizou o livro dos recordes (eles precisavam que as pessoas ficassem mais tempo no bar, para consumirem mais cerveja – então criaram o livro para que as pessoas tivessem mais assunto para conversar e com isso adiar a volta para casa), é a referência mundial no que diz respeito a cerveja stout. Stout, em inglês, significa “forte”, que é o que caracteriza o sabor dessa cerveja. Forte, com grande presença de sabores torrados e de café, com uma densa espuma bege e baixa carbonatação, a Guinness é parceira ideal no final de um duro dia de trabalho, num fim de semana relaxando ou mesmo sem motivo especial algum.

O gênero stout (cervejas ale derivadas da porter, mas com maior força no sabor) tem diversos subgêneros. A Guinness Draught se encaixa no estilo Dry Stout. A Guinness Draught pode ser consumida on tap (barril de chopp), preferivelmente, ou em latinha. A lata, para garantir uma espuma densa semelhante ao chopp, contém uma bolinha de nitrogênio, que libera o gás com a abertura da lata. O gás se mistura ao líquido, sequestra o gás carbônico e o leva para o denso e cremoso colarinho, criando uma textura suave e aveludada (que o horrível chopp Brahma Black tenta imitar-mas apenas na aparência).

Há outras versões da Guinness, como a Special Export e outras, mas o carro-chefe é o chopp draught, que contém 4,1º de álcool (contra 8º da Special Export) que é facilmente encontrado em bares, pubs ou em supermercados, na versão em lata. Aliás, ultimamente não tem sido tão fácil assim encontrar a Guinness nos supermercados. Uma falha grave de distribuição da Diageo, que deixa seu enorme fã-clube na mão.

Anúncios

Uma resposta para “Thank God it’s Friday – Guinness

  1. Pingback: Thank God it’s Friday – Murphy’s Irish Stout « Por quem os sinos dobram-blog de Fabio M

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s