Arquivo do dia: 27/11/2009

Thank God it’s Friday – Amsterdan Navigator e Oettinger Super Forte

Para muitas pessoas o ato de beber cerveja (ou qualquer outra bebida alcólica) tem uma única finalidade: deixá-lo chapado. Quando o único critério de avaliação de qualidade de uma bebida é a sua capacidade em deixá-lo bêbado, não há muita condição de diálogo para dizer que “cerveja A é melhor que cerveja B”. Afinal, cerveja boa é a que te deixa xarope. Com esta linha de raciocínio, vale mais a pena comprar uma Nova Schin de R$ 0,90 que uma Skol de R$ 1,10. Quanto mais falar em cervejas de R$ 2,00, R$ 3,00 ou mais a garrafa!

Seus problemas acabaram! Se  a  finalidade da cerveja é embebedá-lo, eis a solução: Oettinger Super Forte, com 8,9º e Amsterdan Navigator, com 8,4º de álcool (contra 4,5º de uma pilsen industrial). Elas são lagers, mas sua classificação mais apropriada seria Malt Liquor (aguardente de malte).

O sabor não é lá essas coisas. Adocicada, pois há adição de açúcar na fórmula (para ser fermentada pelas leveduras e gerar mais álcool), sabor de álcool bastante forte e sem integrar com o restante do conjunto. Parece cerveja batizada. Então, qual  a vantagem? Ora, ficar bêbado com quantidade bem menor! Uma maravilha, não?

Não necessariamente. Afinal, por serem importadas essas cervejas são bem carinhas, então o  nosso amigo bebum preferirá gastar seu dinheiro com as baratinhas Nova Schin…