Mercedes Sosa

Voz linda, cheia de personalidade. Voz que lembra a minha infância. Voz que cantou a liberdade numa América Latina horrorosamente cruel, ditatorial, torturadora. Voz ímpar, límpida, incomparável.

Anúncios

3 Respostas para “Mercedes Sosa

  1. Mercedes Sosa emocionou em dois duetos com Milton Nascimento: “Volver a los 17” e “Sueño con serpientes” (onde tem o poema dos indispensáveis, de Brecht). Voltou a fazê-lo em “Años”, com Fágner.

    Ela carregava essa coisa ‘antiga’: a arte, além da qualidade estética, tem que ter o compromisso social. Tentaram desqualificar sua música por causa disso. Debalde. A força da sua voz e a completa integração com o ambiente e o público sempre estiveram além desses maneirismos pseudo-modernos.

  2. Voz de Gorrión
    Corazón de león

  3. Pingback: Retrospectiva 2009 – Música « Por quem os sinos dobram-blog de Fabio M

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s