Um poema às quartas

yeats

The sorrow of love

The quarrel of the sparrows in the eaves,
The full round moon and the star-laden sky,
And the loud song of the ever-singing leaves,
Had hid away earth’s old and weary cry .

And then you came with those red mournful lips,
And with you came the whole of the world’s tears,
And all the trouble of her labouring ships,
And all the trouble of her myriad years.

And now the sparrows warring in the eaves,
The curd-pale moon, the white stars in the sky,
And the loud chaunting of the unquiet leaves,
Are shaken with earth’s old and weary cry.

As penas do amor

Sobre os telhados a algazarra dos pardais,
Redonda e cheia a lua – e céu de mil estrelas,
E as folhas sempre a murmurar seus recitais,
Haviam esquecido o mundo e suas mazelas.

Então chegaram teus soturnos lábios rosas,
E junto a eles todas lágrimas da terra,
E o drama dos navios em águas tempestuosas
E o drama dos milhares de anos que ela encerra.

E agora, no telhado a guerra dos pardais,
A lua pálida, e no céu brancas estrelas,
De inquietas folhas, cantilenas sempre iguais,
Estão tremendo – sob o mundo e suas mazelas.

(Tradução de André C S Masini)

Anúncios

3 Respostas para “Um poema às quartas

  1. Fui movendo a barra lentamente, e me assutei. “Gabeira no Poema às Quartas?” Refeito, li com o prazer de sempre.

    “Stolen Child” tem uma adaptação musical maravilhosa do grupo irlandês The Waterboys. É uma das minhas músicas de cabeceira.

  2. Fabio Martelozzo Mendes

    Não conhecia essa do Waterboys. Tá bom… confesso. Só conhecia “The whole of the moon”.

    Mas ouvi no Youtube (achei um vídeo ao vivo – o Youtube tá cheio de músicas cuja imagem é uma foto estática) e é muito bela mesmo.

    Eu tenho um certo gosto por música, poesia e cultura gaélica, embora eu conheça bem pouco. Muito legal é Whiskey in a Jar, não a versão mais famosa de Metallica ou de Thin Lizzy, mas a versão folclórica ou mesmo o folk do The Pogues. Muito bacana.

    Mas infelizmente em uma rápida pesquisa na net não achei uma tradução completa pra “Stolen Child”. Vou procurar com mais cuidado. Yeats é um grande poeta. Merece ser repetido e se eu achar Stolen Child em português, dá até pra colocar o vídeo do Waterboys.

  3. Fabio Martelozzo Mendes

    Ah… Gabeira no poema às quartas é sacanagem… 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s